JavaScript não instalado ou desabilitado!

PT Ceará

COMUNICAÇÃO
NOTÍCIAS POR E-MAIL


PT CEARÁ
PT CEARÁ

GOVERNO
GOVERNO

COMUNICAÇÃO
COMUNICAÇÃO

COMUNICAÇÃO
PUBLICAÇÕES

* PT nas redes sociais

*SAIBA A VERDADE
Em defesa do PT, da Liberdade e da Democracia

Ver todas as edições >>
PRINCIPAL * ARTIGOS * Parlamentar



A+   a-      Imprimir   Enviar para um amigo   Indicar erro


19-02-2010
PT: 30 anos pelo Brasil

Por José Guimarães


O deputado José Guimarães, vice-líder da bancada, relembra o ambiente histórico da criação do partido


Em artigo publicado nesta quarta-feira (10), aniversário de 30 anos do PT, o deputado José Guimarães, vice-líder da bancada, relembra o ambiente histórico da criação do partido, resume a trajetória de crescimento da legenda e a chegada de Lula à Presidência da República. O parlamentar destaca o sucesso do projeto petista para o Brasil e o papel da militância.
Lei íntegra do artigo.
O PT foi concebido no chão das fábricas, por operários e operárias em revolta contra a exploração capitalista e a opressão da ditadura. Veio à luz num estádio de futebol, onde manifestações multitudinárias desafiavam os helicópteros da ditadura e operários exalavam sem medo o hálito selvagem da liberdade.
Construiu-se zelando por sua independência com relação ao estado e às elites e estreitamente ligado aos movimentos sociais que clamavam contra as injustiças seculares e contra a opressão exercidas pelas elites.
Conheceu o isolamento com relação aos políticos tradicionais, decorrente de suas posições libertárias. Pagou com vidas generosas sua lealdade às bandeiras e às reivindicações das camadas mais humildes da população.
Na vanguarda, foi o primeiro partido a se mobilizar pelas Diretas Já. Em 27 de novembro de 1983 organizou o primeiro comício das diretas em frente ao Estádio do Pacaembu, em São Paulo. A partir de janeiro de 1984 esta campanha, abraçada por várias outras forças democráticas, transformou-se na maior mobilização de massas da história do Brasil.
Em abril de 1984, a Câmara dos Deputados rejeitou a emenda constitucional Dante de Oliveira, que estabelecia eleições diretas para Presidente da República, governador e prefeito. Enquanto outras forças aceitaram disputar a Presidência da República, o PT preferiu o isolamento a conceder legitimidade a um Colégio Eleitoral que chamava de espúrio.
Mas o PT romperia esse isolamento participando, com sucesso, das primeiras eleições para prefeitos de capitais, depois do fim da ditadura. Obteve votações expressivas em várias cidades e venceu em Fortaleza.
Nas eleições constituintes de 1986, o PT dobrou sua bancada federal - saiu de 8 para 16 deputados. Apesar de pequena, a bancada do PT soube se articular com outras forças progressistas para deixar sua marca na Constituição.
Nas eleições municipais de 1988, o PT conquista São Paulo e outras cidades expressivas. Em 1989, na primeira eleição direta para Presidente da República, depois da ditadura militar, o PT apresenta o nome de Lula, em aliança com PCdoB e PSB. Num segundo turno eletrizante, em que não faltaram golpes baixos, Fernando Collor consegue derrotar Lula.
Em 1992, uma CPI que apurou denúncias contra o governo Collor indica a cassação do mandato do presidente. O Plenário da Câmara aprova o pedido. Com o afastamento de Collor, o cargo é assumido provisoriamente por seu vice, Itamar Franco. Em dezembro, antes de o Senado votar seu afastamento definitivo, Fernando Collor renuncia.
Em 1994, Lula aparecia como favorito nas pesquisas. O sucesso do Plano Real em debelar a hiperinflação, permite às elites se articularem em torno do nome Fernando Henrique Cardoso, intitulado ‘pai do Real’, que vence no primeiro turno.
Com FHC, ganha força a aplicação do projeto neoliberal. O PT faz uma oposição combativa a esse projeto, não somente com a resistência parlamentar contra a quebra dos monopólios e as privatizações, mas também com o apoio a movimentos sociais como a greve dos petroleiros e mobilizações como a marcha dos cem mil sobre Brasília.
O projeto neoliberal já dava sinais de fadiga nas vésperas da reeleição de FHC, mas ele conseguiu adiar a crise. Venceu as eleições 1998, mas logo na segunda quinzena de janeiro de 1999, foi obrigado a desvalorizar o Real, o que permitiu uma visão da “real” situação economia brasileira. A partir daí, seu governo mergulhou na mediocridade e na decadência, simbolizada no entreguismo e desmonte da máquina pública.
Em 2002, com FHC desgastado, isolado e totalmente submetido ao FMI, o PT consegue ampliar seu arco de alianças e Lula vence as eleições.
Desde então, Lula vem fazendo um governo que marca época no Brasil e desperta a atenção do mundo. Pela primeira vez, a economia brasileira cresce de forma sólida, sem dívida externa, com inclusão social, inflação sob controle, recorde em geração de empregos e ascensão social de 31 milhões de brasileiros. O projeto transformador do PT e da base aliada gerou um autêntico círculo virtuoso.
Ao longo destes 30 anos, construímos um PT aberto, democrático, plural e maduro, em sintonia com o seu tempo. O respeito que conquistamos é fruto de muito trabalho e da dedicação de milhões de militantes espalhados pela imensidão do Brasil e unidos pela nobreza do sonho – cada vez mais real - de um País melhor para todos.
PT, os que vão nascer te saúdam.
José Guimarães
Deputado Federal e presidente do PT Ceará de 1991 a 2000


Sobre o autor
José Guimarães José Guimarães é advogado, deputado federal (PT-CE), líder do governo na Câmara e vice-presidente nacional do PT
* MAIS ARTIGOS DESTE AUTOR
27-09-2017
Plataforma digital do PT revigora a democracia
19-10-2015
Governo se ganha no voto, não no tapetão
25-09-2015
Democracia significa respeito à vontade popular
09-09-2015
Realismo e transparência
25-08-2015
Crescimento e diálogo, essa é a nossa agenda
21-10-2013
Dilma rumo à reeleição
12-03-2013
Em dez anos, um novo Brasil
10-12-2008
Avançar no modo petista de governar
29-06-2005
Reforma política e efetivação da cidadania

 


1999-2017. Conteúdo Oficial - Partido dos Trabalhadores - Ceará
Av. da Universidade, 2189, Benfica, Fortaleza - CE
CEP: 60020-181, Fone: (85) 3454-1313

www.ptceara.org.br
falecom@ptceara.org.br

Produzido e Atualizado pela Comunicação do PT Ceará e TEIA DIGITAL